https://revistas.ucr.ac.cr/index.php/pemPensar en Movimiento: Revista de Ciencias del Ejercicio y la Salud ISSN Impreso: 1409-0724 ISSN electrónico: 1659-4436

Comentarios del lector/a

Manual em ponto de bala

por edgar bastos (2018-02-15)


Na verdade, seria como se cérebro das pessoas com fibromialgia estivesse com um termostato” ou um botão de volume” desregulado, que ativasse todo sistema nervoso para fazer a pessoa sentir mais dor. A Fibromialgia é uma síndrome, é real, é uma incógnita para a medicina. Os investigadores acreditam que a estimulação repetida do nervo faz com que cérebro de pessoas com Fibromialgia se modifique.

Profissional mais indicado para detecção e tratamento da fibromialgia é médico reumatologista. Existem casos de filhos de mulheres com fibromialgia que apresentaram os sintomas da doença antes mesmo dos 18 anos”, diz Milton Helfenstein Jr., reumatologista (SP). De acordo com estudo, impacto dos sintomas de fibromialgia no desenvolvimento de sintomatologia depressiva opera através do pensamento repetitivo negativo e do afeto negativo”.

Os cirurgiões-dentistas precisam saber que a fibromialgia é uma doença não inflamatória, caracterizada por dores musculares difusas, alterações e distúrbios do sono, fadiga e falta de disposição associadas a dores em pontos específicos do corpo, que se apresentam por um período maior do que três meses. São mais propensos a ter Fibromialgia quem já sofra de: Artrite Reumatóide, Lupus e Espondilite Anquilosante (Artrite Espinhal).



Com base em pesquisas internacionais, a incidência da fibromialgia é de 1 a 5% na população em geral. Não há uma relação direta, no entanto, se compreendermos alguns fatores que estão relacionados com ambas as doenças, podemos entender porque pessoas que sofrem de fibromialgia têm maior probabilidade de ter crises de cândida. Da mesma forma, infecções podem desencadear ou exacerbar a fibromialgia.

É importante encontrar um médico que seja familiarizado como a fibromialgia e seu tratamento. "A obesidade e a fibromialgia compartilham uma relação complicada, que não podemos ignorar. A dor crônica faz parte da nossa realidade social, sendo a fibromialgia (FM) uma das suas manual super dotado beneficiente principais causas. A depressão está presente em 50% dos pacientes com fibromialgia. A fibromialgia é seis vezes mais comum em mulheres e a sua prevalência aumenta conforme a idade.

Os médicos chamam a fibromialgia de uma síndrome, pois ela é caracterizada por um grupo de sintomas sem que seja identificada uma causa única para eles. Termo reumatismo pode ser justificado pelo fato de a fibromialgia envolver músculos, tendões e ligamentos. Pessoas que sofrem com fibromialgia apresentam alterações no mecanismo cerebral de resposta à dor, que se traduz em um grande desconforto mesmo sem uma lesão aparente.





© 2017 Universidad de Costa Rica. Para ver más detalles sobre la distribución de los artículos en este sitio visite el aviso legal. Este sitio es desarrollado por UCRIndex y Open Journal Systems. ¿Desea cosechar nuestros metadatos? dirección OAI-PMH: https://revistas.ucr.ac.cr/index.php/index/oai