Resumen

A presente pesquisa tem como objetivo avaliar o posicionamento da Maçonaria em assuntos políticos, econômicos e sociais brasileiros limitando-se ao período de 1960 a 1989 que se remete às elaborações iniciais do golpe e atuações de militares no âmbito político brasileiro. Calcadas no posicionamento da Maçonaria frente à ditadura militar, as bases realísticas foram alcançadas por intermédio de entrevistas e buscas documentais em jornais. A fundamentação teórica firmou-se em duas segmentações as quais se dividiram em um breve histórico sobre a Maçonaria e uma síntese sobre os acontecimentos políticos da ditadura militar brasileira. Após análises, julgamentos e comparações da pesquisa de campo com a fundamentação teórica, foi possível constatar que oficialmente a Maçonaria apoiou a ditadura militar, porém vários maçons possuíam um pensamento oposto ao que a instituição pregava.

 

Palabras clave: maçonaria, ditadura, militares, posicionamentos políticos, golpe militar