Resumen

Os estudos de usuários são uma importante ferramenta de gestão, que objectiva identificar o perfil de usuário, suas necessidades informacionais, o grão de satisfação em relação aos serviços oferecidos por uma determinada unidade de informação. A presente investigação trata de uma discussão sobre os estudos de usuários aplicados ao arquivo contemplando uma aproximação com a Ciência da Informação. A pesquisa é uma primeira abordagem teórica ao fenômeno dos estudos de usuários, para numa próxima pesquisa desenvolver uma proposta de estudos de usuários para o Arquivo Nacional de Angola. De igual maneira tem por objetivo, examinar os elementos teóricos conceituais referentes aos estudos de usuários de informação em unidades de informação de arquivo. No presente artigo apresenta-se uma revisão bibliográfica compreendendo aspetos gerais, acerca de usuários da informação, necessidades de informação e estudo de usuários de arquivos. Se faz uma análise de bibliografias pertinentes com o mesmo objecto de estudo, ancorados aos estudos de usuários da informação tendo como foco os usuários de arquivo. Como problema o pergunta de partida define-se cómo é possível pensar em aplicações de estudo de usuários no âmbito da Arquivologia e do arquivo a partir de um diálogo com os pressupostos da Ciência da Informação? São apresentadas conclusões resultado do estudo e análise realizado.