Resumen

Com vista a identificar as necessidades, expectativas e grau de satisfação dos usuários com base nos serviços e produtos oferecidos por um sistema de informação, os estudos de usuários se configuram como ferramentas muito úteis na vida destes sistemas. A prática dos estudos de usuários vem sendo implementada em bibliotecas públicas desde a década de 1930. O presente estudo foi elaborado com o intuito de propor um modelo de estudos de usuários para a Biblioteca Nacional de Angola, sendo orientado pela seguinte pergunta de investigação: como conhecer as necessidades e o grau de satisfação dos usuários diante dos produtos e serviços de informação oferecidos pela Biblioteca Nacional de Angola? A metodologia que caracteriza esta investigação possui o enfoque misto, sendo a pesquisa classificada como descritiva e exploratória, que surge, inicialmente através da revisão bibliográfica. Contou com uma população de 200 usuários tendo sido determinada uma amostra de 73 usuários, que responderam ao inquérito de modo a caracterizar o usuário e determinar a sua satisfação. Como resultado, apresenta-se um modelo de estudos de usuários para a Biblioteca Nacional de Angola, elaborado a partir da análise das etapas apresentadas na metodologia UserServiqual elaborada por Garcia e Dorado para o Arquivo Nacional de Angola.

Palabras clave: estudo de usuário, modelo biblio-user, biblioteca nacional de angola