Resumen

O objetivo do presente estudo é de obter informações detalhadas sobre o Tênis de campo brasileiro. A pesquisa se caracterizou como descritiva utilizando os dados do site da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), no ano de 2013, nas categorias de 12, 14, 16 e 18 anos de ambos os sexos. Foram selecionados os 200 primeiros colocados da categoria masculina e todas as atletas femininas de cada faixa etária, que variaram entre 111 e 162 atletas, totalizando 1.341 dados catalogados. Verificou-se que o Tênis de Campo se encontra basicamente em ambientes esportivos institucionalizados, principalmente em clubes. A título de conclusão o estudo aponta que o Tênis de Campo no Brasil acaba por reproduzir a lógica do campo esportivo no que se refere à distribuição por sexo. Existe também uma proximidade entre as esferas econômica e esportiva, pois atletas que se concentram nas regiões Sudeste e Sul têm uma maior probabilidade de desenvolvimento na modalidade.